DILMA: PALOCCI MENTE EM SUPOSTA DELAÇÃO

A presidente deposta Dilma Rousseff voltou a dizer nesta sexta-feira, 15, que o ex-ministro Antonio Palocci mente ao lançar acusações contra ela e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; ao comentar a suposta delação de Palocci, Dilma retirou o que já havia declarado sobre Palocci no dia 6 de setembro, quando o ex-ministro prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro; “O senhor Antonio Palocci falta com a verdade quando aponta o envolvimento de Dilma Rousseff em supostas reuniões de governo para tratar de facilidades à empresa Odebrecht, seja durante o mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ou no primeiro governo dela. Tais encontros ou tratativas relatadas pelo ex-ministro jamais ocorreram. Relatos de repasses de propinas também são uma mentira”, diz Dilma em nota de sua assessoria de imprensa

247 – A presidente deposta Dilma Rousseff voltou a dizer nesta sexta-feira, 15, que o ex-ministro Antonio Palocci mente ao lançar acusações contra ela e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao comentar a suposta delação de Palocci, divulgada pela revista Veja, Dilma retirou o que já havia declarado sobre Palocci no dia 6 de setembro, quando o ex-ministro prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro.

“O senhor Antonio Palocci falta com a verdade quando aponta o envolvimento de Dilma Rousseff em supostas reuniões de governo para tratar de facilidades à empresa Odebrecht, seja durante o mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ou no primeiro governo dela. Tais encontros ou tratativas relatadas pelo ex-ministro jamais ocorreram. Relatos de repasses de propinas também são uma mentira”, diz Dilma.

Leia, abaixo, a nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA

A propósito de texto da revista Veja, que circula neste dia 15 de setembro, sobre a suposta delação do ex-ministro Antônio Palocci, a Assessoria de Imprensa da presidenta eleita Dilma Rousseff reitera os termos da nota distribuída em 7 de setembro, que é transcrita abaixo:

Sobre o depoimento de Antonio Palocci

A respeito das declarações prestadas pelo ex-ministro Antonio Palocci em depoimento à Justiça Federal na quarta-feira, 6 de setembro, a Assessoria de Imprensa da presidenta eleita Dilma Rousseff esclarece:

1. O senhor Antonio Palocci falta com a verdade quando aponta o envolvimento de Dilma Rousseff em supostas reuniões de governo para tratar de facilidades à empresa Odebrecht, seja durante o mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ou no primeiro governo dela. Tais encontros ou tratativas relatadas pelo ex-ministro jamais ocorreram. Relatos de repasses de propinas também são uma mentira.

2. Todo o conteúdo das supostas conversas descritas pelo senhor Antonio Palocci com a participação da então ministra Dilma Rousseff – e mesmo quando ela assumiu a Presidência – é uma ficção. Esta é uma estratégia adotada pelo delator em busca de benefícios da delação premiada.

https://www.brasil247.com

Comentários pelo Facebook