Em Rondônia, LEC tenta evitar ‘novo’ Gurupi

Luizão retorna à equipe após ser poupado no jogo do fim de semana pelo Paranaense

É apenas o quarto jogo do ano, mas o Londrina já tem a sua primeira decisão na temporada. O Alviceleste estreia nesta quarta-feira (31) na Copa do Brasil colocando em xeque todo o seu planejamento para uma das suas prioridades em 2018. O LEC encara o Real Desportivo, em Ariquemes (RO), às 22 horas (de Brasília), no estádio Gentil Valério de Lima.

O Londrina entra com o peso de todo o favoritismo diante de um adversário sem expressão no futebol brasileiro e que pela primeira vez na sua história disputa uma competição nacional. Além disso, a eliminação precoce em 2017 para o desconhecido Gurupi (TO) ainda ressoa na cabeça do torcedor alviceleste. Em um confronto de jogo único, um simples empate basta para o Tubarão avançar. Será a 11ª participação do Londrina na Copa do Brasil.

Para evitar um novo vexame, o LEC mudou seu planejamento, reforçou o elenco e usou as três rodadas iniciais do Campeonato Paranaense para preparar a equipe para o torneio, que vai distribuir cotas milionárias aos participantes. Pela relevância dos valores, o Londrina coloca a Copa do Brasil como o seu grande objetivo neste primeiro semestre.

“Todas as competições são importantes para nós, mas não podemos ignorar que a Copa do Brasil tem uma prioridade neste momento pelo que ela representa em termos técnicos e financeiros para o clube”, afirmou Ricardinho. Só para jogar a primeira fase, o LEC vai receber R$ 500 mil de cota. Se chegar à segunda fase, fatura mais R$ 600 mil.

Além de não conhecer a fundo o rival, o cansaço é outro adversário do Alviceleste para a estreia. A delegação viajou quase 18 horas para chegar a Ariquemes e fez um único treinamento antes da partida. “Não temos que lamentar nada. Esta é a nossa realidade e o nosso planejamento. Temos que buscar boas soluções para termos uma equipe competitiva e que possa trazer a classificação”, frisou o comandante alviceleste.

Depois de serem poupados no último jogo do Paranaense, o zagueiro Luizão e o volante Germano voltam ao time titular. As dúvidas do treinador estão na lateral-esquerda, entre Silvio e Lucas Áfrico, e no meio-campo, onde Rodrigo Figueiredo pode ganhar uma posição de Thiago Primão ou Marcinho. “Apesar de todo o desgaste, o time está preparado. O Londrina sabe o que tem que fazer e tem tudo para buscar a vitória e voltar classificado”, ressaltou Figueiredo.

O Real Ariquemes fará a sua primeira partida oficial no ano justamente na estreia na Copa do Brasil. O time aposta na força da torcida, que deve lotar o Valerião, que tem capacidade para 5 mil torcedores, para buscar uma classificação inédita. O destaque do time dirigido pelo técnico Marcos Birigui é o centroavante Jorge Preá, ex-Palmeiras.

Ano cheio

Ter um calendário completo é o desejo de qualquer time médio e pequeno do futebol brasileiro. Com apenas sete anos de vida – foi fundado em 25 de abril de 2011 –, o Real Desportivo Ariquemes Futebol Clube tem uma temporada em 2018 para deixar muito clube tradicional com inveja.

Após conquistar o Estadual do ano passado, seu único título até aqui, o Furacão do Vale do Jamari, como é conhecido o time vermelho, branco e preto, garantiu vaga na Copa do Brasil, na Copa Verde e ainda vai jogar o Brasileiro da Série D no segundo semestre. O Campeonato Rondoniense começa apenas no dia 10 de fevereiro.

O Real Ariquemes manda suas partidas no estádio Gentil Valério de Lima, que pertence ao município. A cidade de Ariquemes foi fundada em 21 de novembro de 1977 e fica na região leste de Rondônia, a 198 quilômetros da capital Porto Velho. O município é o terceiro mais populoso do Estado, com 105 mil habitantes, e é reduto de muitos paranaenses e gaúchos, que foram para o Norte do País com a expansão agrícola do fim da década de 1970.

A economia de Ariquemes se baseia na pecuária e nas culturas de café, cacau, guaraná e cereais. O município ainda conta com um dos maiores garimpos a céu aberto do mundo. A cidade se destaca também por ser um dos polos de ensino superior do Estado.

Tencati

O Atlético Goianiense informou por meio das suas redes sociais que acertou a contratação do técnico Claudio Tencati, ex-LEC. Segundo o clube goiano, ele começará o trabalho na equipe na quinta-feira (1º).

EM ARIQUEMES

Real Ariquemes
Gil; Edson Pacujá, Vagner Leonardelli, Marinho e Edson Bahia; Rico, Renato, Gugu e Luciano Mourão; Jorge Preá e Careca. Técnico: Marcos Birigui

Londrina
César; Matheuzinho, Dirceu, Luizão e Silvio (Lucas Áfrico); Germano, Romulo, Thiago Primão e Marcinho (Rodrigo Figueiredo); Carlos Henrique e Gustavo Tocantins. Técnico: Ricardinho

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Estádio: Gentil Valério de Lima
Horário: 22 horas (de Brasília)

Lucio Flávio Cruz
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Comentários pelo Facebook