Homofobia do apresentador Ratinho pode atrapalhar candidatura do filho no Paraná

O apresentador Ratinho usou as redes sociais para criticar a TV Globo por colocar “muitos viados” na sua programação. A repercussão negativa do comentário poderá afetar seu filho, o deputado Ratinho Junior (PSD), que sonha com o Senado ou o governo do Paraná

“Estava vendo as novelas da Globo. Temos que olhar a concorrência. Mas a Globo colocou viado até em filme de cangaceiro. Naquele tempo não tinha viado. É muito viado. Não sei o que está acontecendo. Não tem tanto viado assim”, disse em vídeo publicado no Instagram.

Em 2012, quando disputou a Prefeitura de Curitiba pelo PSC, Junior enrolou e não assinou carta-compromisso de 22 organizações de defesa dos direitos de lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT). Dois anos antes, o filho do apresentador causou polêmica ao dizer que era contrário ao casamento gay. “Eu não quero que a minha filha de sete anos veja dois homens se beijando em praça pública”, afirmou na época.

Muitos seguidores criticaram o comentário homofóbico de Ratinho no vídeo, a exemplo deste: “Tem exagero de heterossexuais também? Vai arrumar o que fazer ao invés de defecar tanto em um vídeo.”

Outros tantos aplaudiram a crítica do apresentador, como este: “E ainda aos domingos tem Pablo Vittar, tem muito viado sim.”

Ativistas do LGTB estudam acionar o apresentador do “Programa do Ratinho”, do SBT, na Justiça.

www.esmaelmorais.com.br

Comentários pelo Facebook