CORPO CHEGOU NA BARRA DO JACARÉ NESTA MANHÃ DE QUARTA – Vereador morre em tentativa de assalto a carros-fortes

Cinco carros-fortes foram interceptados pelos criminosos na ponte sobre o rio Tibagi, na BR-376, em Palmeira

EM TEMPO – Corpo do vereador Elton chegou agora no Salão Paroquial da Barra do Jacaré, muita gente estava aguardando.
O féretro sai as 17 horas para o cemitério local.

Três pessoas morreram e outras três ficaram feridas, sendo dois suspeitos, em uma tentativa de assalto frustrada a cinco carros-fortes na manhã desta terça-feira (6), na BR-376, na ponte sobre o rio Tibagi, em Palmeira, nos Campos Gerais. Os mortos são Elton Alexandre Aguiar Matta (PV), vereador de Barra do Jacaré (Norte Pioneiro), o caminhoneiro Vilson Pereira, 41, natural de Francisco Beltrão (Sudoeste), e um dos assaltantes que não teve a identidade revelada.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a ação começou por volta das 8h50, quando assaltantes atravessaram um caminhão bitrem na rodovia sentindo interior do Paraná. Eles atacaram o comboio e foi iniciada uma intensa troca de tiros entre os criminosos e os vigilantes. Os policiais seguiram na busca pelos assaltantes e, a cerca de sete quilômetros de distância do local do crime, trocaram tiros com um suspeito, que foi baleado e morreu.”Graças ao apoio do cão de faro, que deu o caminho por onde o indivíduo havia fugido e o pessoal de varredura do comando de Operações Especiais, conseguimos êxito na captura do indivíduo. Infelizmente houve confronto e ele entrou em óbito no local”, explicou Hudson Teixeira, tenente-coronel do Batalhão de Operações Especiais (Bope).
Durante o confronto, um dos carros-fortes acabou tombando em uma valeta enquanto outro bateu na lateral de um caminhão. Vários motoristas que transitavam pela via se assustaram e tentaram se esquivar do tiroteio, porém não conseguiram em razão do bloqueio feito pela quadrilha e de pregos entrelaçados para furar pneus de carros que foram lançados na rodovia. O caminhoneiro Vilson Pereira morreu baleado dentro da cabine do veículo.
Dois integrantes da quadrilha, que foram atingidos pelos disparos, conseguiram escapar em uma área de mata. Outros dois foram detidos e encaminhados ao Cope (Centro de Operações Policiais Especiais), em Curitiba. De acordo com a polícia, seis veículos foram utilizados pela quadrilha. Destes, dois eram blindados e adaptados para o crime. No vidro traseiro de um deles, os criminosos abriram dois buracos para transportar as armas utilizadas na tentativa de assalto. “São marginais de alta periculosidade, estavam com armamento pesado. Levaram azar porque os vigilantes reagiram, o que eles não esperavam, e, também pelo cerco que nós fizemos. Temos informação de que eram em torno de 15 marginais. Dois foram presos e um foi morto em confronto. Então, temos entre oito a dez assaltantes que estão na mata, e as buscas seguem”, contou Rodrigo Brown, delegado do Centro de Operações Especiais (Cope), da Polícia Civil.
“Foi uma ação bem planejada. Eles só não puderam prever a reação dos vigilantes, que jogaram o carro-forte em cima do veículo em que os bandidos estavam atacando. Isso acabou danificando o carro deles e prejudicando o armamento. Se não tivesse acontecido isso a tragédia poderia ter sido maior”, destacou o policial rodoviário federal Kleber Cavali. “É a primeira vez que atendemos este tipo de ocorrência aqui”, acrescentou. Logo depois que a troca de tiros cessou, equipes da PRF de outras cidades precisaram ser chamadas para ajudar.

VEREADORES
No meio do tiroteiro estava um Fusion, em que seguiam os vereadores Elton Alexandre Aguiar Matta (PV), Miguel Calixto (PSD) e Edival do Nascimento (PR), todos de Barra do Jacaré. O carro foi atingido e Matta não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Calixto foi ferido e encaminhado ao Hospital Bom Jesus, em Ponta Grossa. Até o fechamento desta edição ele passava por um cirurgia na cabeça. O terceiro parlamentar nada sofreu.
A Câmara de Vereadores de Barra do Jacaré informou que os vereadores estavam a caminho de Curitiba. Eles iriam visitar secretarias do governo para buscar recursos. Um funcionário do legislativo afirmou que Elton Alexandra Aguiar Matta estava em seu segundo mandato como parlamentar. “É um tragédia. Era uma pessoa muito atuante”, classificou. O presidente e o vice da Casa foram para Ponta Grossa após saberem do ocorrido. O corpo deverá ser velado na Câmara depois de liberado pelo IML (Instituto Médico-Legal) de Ponta Grossa.
Motta era professor da rede estadual e tinha 36 anos. Casado e natural de Bandeirantes (Norte Pioneiro), ele deixa um filho. Havia sido eleito em 2016 com 150 votos. Barra do Jacaré tem nove vereadores e uma população de 2.828 habitantes, sendo 2.673 eleitores. A Prefeitura decretou luto oficial de sete dias pela morte do vereador.

EMPRESA
Por meio de nota, a Proforte declarou que seus colaboradores efetuaram uma “manobra de segurança com os carros-fortes” e que “o procedimento adotado é fruto de treinamento dos quais os vigilantes são submetidos”. Não foram divulgados pela empresa quantos funcionários estavam nos veículos no momento da tentativa de assalto e para onde iriam. A Polícia Rodoviária fala em aproximadamente 22. Nenhum deles se feriu.

RODOVIA
Após a ação criminosa, a pista ficou totalmente interditada em ambos os sentidos. Segundo a CCR RodoNorte, concessionária que administra o trecho, por volta das 14h30, a pista sentido Curitiba havia sido liberada. Já a liberação no sentido interior aconteceu no final da tarde e demorou em razão da perícia. Durante o período, longas filas se formaram na rodovia e chegaram a 20 quilômetros. (Colaborou Francielly Azevedo/Especial para a FOLHA)

Pedro Marconi
Reportagem Local/FOLHA DE LONDRINA

Comentários pelo Facebook