REFLEXÃO DO EVANGELHO DO DIA – 13/09/17 – Lc6,20-26 “ALEGRAI-VOS, NESSE DIA E EXULTAI POIS SERÁ GRANDE A VOSSA RECOMPENSA NO CÉU.”

É sonho de Deus, que todos nós sejamos felizes, e ser feliz, é tudo o que mais queremos! Pena, que muitos de nós, buscamos a felicidade fora dos planos de Deus, em lugares onde nunca iremos encontrá-la!
O conceito de felicidade, que o mundo prega, é completamente diferente da felicidade que Deus planejou para nós. Para o mundo, a felicidade se baseia no ter e no poder, para Deus, ela se baseia no ser! É importante conscientizarmos, de que a felicidade, não é algo comprável, ela não está nas coisas matérias, e nem significa ausência de dificuldades, a nossa felicidade, está em ser de Deus! Quando tomamos consciência, de que a vida não nos pertence, de que não somos donos de nada, estaremos prontos para viver o grande desafio: ser feliz, em qualquer circunstancia, até mesmo nas dificuldades!
Jesus nos convida a buscamos a felicidade, dando um sentido novo a nossa existência, uma única e fundamental direção, que é a santidade como meta para chegarmos ao Pai! Fomos criados por Deus e orientados por Jesus, a direcionar a nossa existência como uma flecha que busca o seu alvo, e o alvo de quem busca a felicidade plena, é o próprio Deus!
O evangelho que a liturgia de hoje nos convida a refletir, nos apresenta as Bem-Aventuranças, uma consolação a todos aqueles que o mundo despreza, os que sofrem as consequências da ganancia de alguns.
Mateus, no seu evangelho, apresenta oito Bem Aventuranças, (Mt5, 1-12), enquanto que Lucas, apresenta apenas quatro, mas acrescenta quatro advertências: “Ai de vós…” Essa advertência, que Jesus faz aos ricos, pode servir de alerta para muitos de nós, que temos as mesmas atitudes desses, a quem Jesus se refere, muitas vezes, somos indiferentes aos pobres, os prediletos de Deus. Para que sejamos Bem Aventurados, e para que Jesus nunca vá nos dizer: “Ai de vós,” precisamos esvaziar de nós mesmos, desapegar dos bens materiais, para nos colocar na dependência de Deus.
É bom entendermos: não precisamos passar fome, ser perseguido, odiado, injuriado, para sermos Bem Aventurados, mas se cairmos numa destas situações de injustiça, que não agradam a Deus, e permanecermos fieis a Ele, Jesus nos garante, que ainda assim, seremos felizes, pois estas situações de injustiças, serão revertidas em bem para nós! Quando fazemos da nossa vida uma oferta de amor a Deus e aos irmãos, Deus eleva o nosso nada, transforma o que nos é desfavorável, em bem para nós, as perseguições, as injustiças, ao invés de nos derrubar, nos elevam, nos torna herdeiros do Reino de Deus!
Alegremo-nos por confiar na realização das promessas de Deus, é o próprio Jesus quem nos garante: “Alegrai-vos e exultai, pois será grande a vossa recompensa no Céu”.
Assim como foram os Santos, sejamos também, fieis a Deus, em qualquer circunstancia, não tenhamos medo do que possa nos acontecer!
Trilhar o caminho da santidade é o grande desafio de buscar a perfeição em meio às imperfeições do mundo.
Ninguém busca o sofrimento, mas ele é inevitável na nossa vida, principalmente na vida de um seguidor de Jesus, saber aproveitá-lo como trampolim para a nossa ascensão, é estar no caminho da Santidade.

FIQUE NA PAZ DE JESUS!

Comentários pelo Facebook